domingo, 11 de abril de 2010


Entre encontros e desencontros...
tenho a sensação de que tudo está como sempre esteve...
hoje falando com uma amiga sobre o que é ser singular....
e o que é ser plural, tenho pra mim que a sensação que tenho
é que desistir e tentar não são obviamente antonimos...
mas sinônimos de algo superior a vontade de ser, ver e agir....
muito, meio e totalmente complexo pensamento de alguém que
se encontra meio perdida neles, em meio a tantos e tão confusos pensamentos....
voltando ao singular, falava que quero ser singular, quero conviver com pessoas que queiram ser o singular neste mundo....
o plural não se diferencia da massa...
o singular é um...
e um+ um+ um +um dá vários e isso não significa plural.... mas sim vários singulares...
várias pessoas únicas e humanamente mutáveis a procura daquilo que eu também atordoadamente procuro....
o futuro bom....
o plural funciona quando existe muitos singulares.... que se ajudam...
no amor um singular quando encontra outro singular... não viram plural e sim viram o que os românticos chamam de "alma gêmea", um singular que completa outro... que sobrevive apesar de seus defeitos e qualidades que podem causar entre eles as maiores loucuras e absurdos...
mas que elas juntas não formam um plural... formam um singular que loucuras, pois cada uma teve um sentimento, um local, um desejo diferente... cada um teve a forma para aquele momento que se tornou "singular".
O plural existe na gramática, que vem associado apenas a um "S", um "S" que pra mim traz mais singularidade, falando na palavra em seu real sentido gramatical, pois o "S" faz do amor, amores, e amores relaciona a mais de um amor, o que relaciona que alguém ficou no singular quando gostaria ficar no plural. o "S" vem forma a palvara separações, que não é separação, apenas uma e única, que quer dizer que mais de uma vez ficou no singular quando preferiria o plural...
e assim vários outros exemplos explicam o meu caso de amor no singular com essa peculiar palavra....
mas encerro aqui dizendo que nós singulares precisamos ser o singular e procurar o singular no meio de tantos plurais... temos que ser um+ um e não dois....

até outro dia....