domingo, 14 de agosto de 2011


"a gramática do coração é muito mais importante do que a gramática contextual..
e o quanto aprendemos é muito mais importante do que o quanto ensinamos"

sem mais.

domingo, 19 de junho de 2011

"Vale a pena tentar"

Domingo quente no "quase inverno" gaúcho, pois essa semana começa a estação mais gelada do ano.
Mas hoje quero falar sobre Confiança!
Já comentei aqui em post's anteriores que gosto muito de ler... e hoje li a Bíblia, li apenas uma passagem que tinha como nome " A coragem do testemunho", o que me levou a pensar na confiança que depositamos nas pessoas, nos momentos, a confiança que depositamos em um acontecimento, nas palavras... ditas, jogadas, gritadas ou simplesmente murmuradas...
Palavras escritas, palavras expressadas... gestos, tudo gera uma confiança por parte de alguém, que uns chamam até mesmo de esperança, no caso da passagem bíblica os discipulos confiaram em Jesus Cristo até a hora da morte...
No livro "Pequeno Príncipe" a frase você é responsável por aquilo que cativas, também possui um peso muito simbólico, mas não menos leve por ser assim.
A confiança é algo que não se compra, não se ganha, não se vende, não se arranca, confiança se conquista...
Atráz de um ideal ou de uma loucura...
1990, impeachment de Collor de Mello, os "caras pintadas" confiaram em um ideal político, quiseram fazer a história mudar através da confiança em algo que simplesmente nasce em casa um de nós... a força... a dedicação também gera confiança..
Sábado, 18 de junho de 2011, por volta das 16 horas assisti ao programa Caldeirão do Huck, onde mostrou um exemplo claro de uma estrela de brilho raro, a força de querer vencer...
de querer ser mais, sem pisar em ninguém, como instrumento de crescimento apenas o esforço...
Uma família de 3 mulheres, mãe solteira com duas filhas em uma situação difícil, vivendo com 300 reais por mês, e com muitos sonhos na cabeça, muitos ideais a serem seguidos...
e a confiança onde se encontra nisso, você pode estar se perguntando? a Confiança eu lhes respondo está onde começou esse post: DEUS...
Somos por várias vezes egocentricos em pensar que nosso sofrimento é maior ou então as vezes por pouco parar de confiar em quem amamos, no própriio DEUS e deixar os maus fluídos nos levarem e nos conduzirem...

já citei esse filme antes aqui, mas "Comer, Rezar e Amar" expõe frases de grande sabedoria, como sempre quando estiver triste exale booons sentimentos, paz, amor e depois esqueça o que há de mal nesse mundo...
Eu tenho um amor..
Eu tenho uma família...
muitos ficam apenas nos sonhos, interrompidos forçadamente e nós por não confiarmos em nós mesmos intorrompemos sonhos por não achar necessário sonhar??!!!!!!

Confiança parte do sentido de um mix de sentimentos..
Confiança é um caminho tranquilo, mas dificil...

mas vale muito a pena a tentativa de primeiro confiar em si... e em seguida exercitar com quem se ama!

Até a próxima...

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Santo Antonio, humanidade EU e o amor...

Sempre em busca e derrepente...
AMOR...
A felicidade é assim, não se acha, não se compra não se busca...
A felicidade se conquista...
Em meio a uma rotina, penso que sempre sonhei com isso...
muitas pessoas não gostam da rotina, dizem que ela não traz a felicidade, não traz bons fluidos ou coisas boas...
mas eu acredito que sim..
eu sempre sonhei com a velha e insessante rotina de chegar todos os dias cansada do trabalho, deitar no sofá, ligar a televisão e ver o rosto mais lindo do mundo me esperando pro jantar...
ou vice -versa...
ver meu amor cozinhando...
e isso é uma felicidade conquistada, adquirida, escriturada...
nada me tira o prazer de tê-la...
Muitos dizem que o que faz o amor, que traz a felicidade..que mantem a chama acesa, que esquenta a relação, que faz o outro pensar o dia todo na pessoa são as maravilhosas performaces sexuais, são as surpresas ... é o intregar-se por inteiro, no sentido real da palavra, mas não é bem isso...
felicidade é fazer amor com AMOR, é quando o toque da pele arrepia... isso sim deixa a chama acesa, não fantasias, não performaces; Estamos acostumados a ser receptores daquilo que a mídia ou alguém que falou pra alguém disse que aquilo era bom..
Então seguimos as regras... devemos colocar silicone, botox, fazer compras, ser uma linda e maravilhosa mulher "plastico". Devemos ser homens que pratiquem seu mais alto grau de masculinidade e que não olhe para sua mulher nua e queira olhar a expressão de felicidade dela dormindo.
Conversando essa semana sobre isso com uma amiga.. o mundo de hoje está muito superficial..
Não temos "quase" mais pessoas romanticas e que gostam disso, temos sim pessoas que querem em troca uma noite maravilhosa de sexo por uma dúzia de rosas...
Não quero dizer que sou melhor que alguém, ou fazer de mim um exemplo a ser seguido..
Mas eu amo.... eu sinto um carinho que não cabe no peito por alguém que esperei minha vida inteira...
E quando eu digo a ele que nosso destino já estava traçado, ele apenas ri.. e concorda..
mas no fundo ele sabe que me esperou...
e eu esperei ele....
voltando a falar sobre o geral e não sobre o especifico, digo que eu sinto o cheiro dele quando estamos longe...
o mundo está tão fútil que precisa da matéria...
eu preciso do pensamento...
Fico triste quando vejo pessoas tão especiais pra mim... se perdendo por um caminho ingrime da busca pela solidão...pois fazem de tudo para encontrar um fiapo de felicidade mas não cuidam do jardim...
Num filme que eu recomendo, Comer, rezar e Amar, dentre as várias lições de como achar-se é melhor que achar... no momento em que sentir-se só... e pensar na pessoa em que te maguou você transmita paz e amor pra ela e depois a esqueça!
Mas a humanidade caminha rumo ao desespero total de "tem que ser você".
Regue o jardim, cuide das flores, se arrependa do fez, curta o por do sol e o nascer da lua...
Ame-se e você será capaz de amar tão intensamente o outro...
e querer a velha rotina de jantar e depois dormir abraçadinho...

Amar é dom de aprender a valorizar esse sentimento!

até a proxima!

OBS:
Sei que não citei Santo Antonio no Post, mas não podia deixar de passar o dia dele!

domingo, 5 de junho de 2011

os sopros do Destino

Domingo frio de "quase" inverno no Rio Grande do Sul!
depois de uma tarde de um sol, ensolarado aquecendo um pouco os rostos e um vento minuano balançando os cabelos, paro agora por volta das 9 horas da noite e escrevo sobre mim, sobre o vento, sobre a liberdade, mas principalmente sobre o destino.
Porque encontramos a pessoa certa na hora errada?
Porque atravessamos a rua na hora certa?
Porque temos escolhas que são quase que intuitivas, escolhas que nos fazem alegres ou tristes, mas escolhas que somos encapazes de escapar!
Dizem os muçulmanos em seu sabio "Alcorão" o livro Sagrado que nosso destino já está traçado no momento em nascemos. E que quando não seguimos nosso destino estamos jogando nossa sorte no vento. Makitube, estava escrito.
Amores, amigos, momentos felizes ou daqueles que não queremos nem lembrar!? Tudo tem um porque, um porém.... um sentido....
de encontrar a chegada, de ver a bandeira quadriculada, de vencer...
de saber que a vida me preparou para esse momento, antes eu estava imaturo, mais tarde eu estaria maduro demais...
o momento é agora, a hora era aquela!
Então eu não olho pra traz, eu paro tudo e deixo esse mesmo vento que podemos jogar a sorte me levar....
e apenas viver ....
encontrei paixões, encontrei decepções, encontrei soluções... mas principalmente lições!
o destino é sim jogo de rimas! de prosa e verso, uma melodia agradável que quando mais precisamos vira rock metal!
Nada acontece sem um verdadeiro sentido, um verdadeiro porque, aproveite esse vento gélido e voe...
para o calor, para o frio... pra onde quiser... porque o destino é seu...
mas voe.... viva... sinta a incrível sensação de ser e de poder ser quem você é...
e fazer feliz quem você ama...
que se vocêconseguir seguir a receita a risca.... simplesmente me ensine...
porque o destino será quente pra você, aconchegante e confortante......
mas se não conseguir....
erre, erre, mas não tenha medo de errar mais uma vez....
tentando acertar!
SEMPRE......

deixe o vento levar o mal e trazer o bem!

e pra terminar esse breve post quero deixar o trecho de....
Uma música de Nando Reis, que diz: - estranho, seria, se eu não tivesse me apaixonado por você!


Obrigado!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Augusto cury e Eu!

Li um livro esta semana, ou melhor devorei uma auto ajuda de Augusto Cury...
não sou muito de ler estes livros..
mas estava me sentido meio insegura e pra não exagerar...
BEM LOUCA mesmo!!
"Quando tudo parece perdido na realidade não está...
e é apenas o recomeço..."
Bonita frase.. do tal livro que li...
e como colocar em prática? Eu com minha mente doentia, a procura de uma saída desesperada!
Claro, não estou nessa situação, mas pensei em quem está...
o nome do livro é sugestivo, e sim, extremamente feminino!
"Mulheres Inteligentes, Relacionamentos Saudáveis"
ótimo livro que apenas veio para firmar idéias e conceitos que eu já sabia existentes!
Uma frase que me chamou muito atenção: "Quando temos medo de perder, é porque já perdemos"
E isso me tocou muito, pois tenho muito medo de perder muitas coisas e principalmente pessoas queridas e extramente importantes pra mim!
Pensei mais ainda em pessoas que se encaixariam mais exatamente nessa e nas tantas frases escritas naquele livro, regado de CONSELHOS de como ser, agir, pensar...
SEJA MAIS VOCÊ!!
Mas e quando não conseguimos... ser mais nós!
IRREAL!
o mundo e nesse caso as relações são muito mais do que apenas conselhos já por vezes saturados!
Eu, por exemplo, falo de mais, as vezes sem nada a dizer...
sou intensa, apressada, ansiosa...
e por aí vai, cheia de defeitos, cheia de mais e mais defeitos...
que sobrepõe minhas qualidades? a resposta é um não sei...
Penso demais, e por pensar demais, as vezes prefiro nem pensar...
então leio auto ajuda!
É bom!
faz a gente embrulhar a vida num pacote bonito...
e tentar ver ele melhor que é...
Eu sou meio louca e barulhenta.... e me ature quem suportar!
e leio auto ajuda!? e daí?
POXAA, li um livro de quase 200 páginas em uma noite... para apenas confirmar que pessoas deixaram de ser sinceras umas com as outras...
Que preferem embrulhar suas vidas num pacote de presente e fingir que é bonito...
esquecem que o pacote um dia fica velho e feio..
e o que nos resta é apenas a essencia daquilo que somos!
Augusto cury me fez ver que tentamos ser aquilo que as pessoas esperam de nós... e não o que somos...
uma porcaria de uma pessoa cheia de defeitos... cheio de manias.. e que ora bolas as pessoas que se gostam tem que nos aceitar assim e nos mostrar um caminho mais fácil pra mudança!
Mas vejo só pessoas omitindo sentimentos!
eu mesma hoje não consegui falar para uma pessoa muito especial pra mim que eu me importo pra caramba com ele, que fico pensando se ele está bem e porque sinto tanto a falta dele!
sabe o que sou? sabe o que somos?
MAnés...
grita aí meu povo...
joga esse ódio e esse amor pra foraaa!!
se liberta...
sai correndo na rua e grita e grita e grita...
que passa essa angustia!


SOMOS AQUILO QUE PODEMOS SER..
AQUILO QUE CONSEGUIMOS SER...
COM SONHOS QUE PODEMOS TER!!

E CERTAMENTE TEREMOS!!
SONHOS CHEIOS DE DEFEITOS!
MAS MESMO ASSIM BELOS SONHOS!

até a proxima!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Apenas Relaxe!

Numa quarta-feira de manhã em meio a corrida rotina
paro e tenho a necessidade de escrever sobre apaixonar-se.
Num intervalinho onde passamos por alguns sites no insessante e cansativo desgaste que vamos acarretanto durante a semana, paro e assisto ao video maravilhoso onde posso ali ver como o dia de hoje é tão importante mas apenas para quem sabe se dar oportunidades e se doar...
Que sabe valorizar um instante ou um sentimento.
apaixonar-se por tudo e por qualquer instante mágico.
Querer mais do que se tem já é uma maneira de se apaixonar pela vida..
Pensar mais em ser do que ter...
pensar mais em fazer feliz do que ser feliz..
aproveitar a chuva que cai ou o vento gelado do inverno..
e fazer disso uma oportunidade para estar junto com quem se quer..
apaixonar-se pelo trabalho, apaixonar-se por um sonho...
Querer sentir mais do que esperar...
Alias não espere..
NUNCa espere..
a espera é cansativa e desmotivadora..
Seja, viva, ame..
apaixone-se assim como eu... como o vizinho da esquina..
assim como Principe William, ou como seu pai que a trinta e poucos anos está casado com uma mulher maravilhosa que você chama de mãe...
Queira bem, sem olha a quem...
Seja mais você!
VocÊ é tão melhor do que imagina!
é tão mais bonito do que pensa...
tão mais legal...
Curta a musica apenas...
Se deixe levar pela incrivel aventura de apenas ser!
de sentir...
de se apaixonar pela vida...
Abrace seu amor..
queira bem ele...
Lembre-se que é por ele que seu coração bate acelerado todas as manhãs enquanto escova os dentes...
Eu não saberia mais viver sem essa incrível sensação de me apaixonar a cada minuto novamente pelo meu amor, pela minha família, pelo que faço..
e pelos nossos sonhos...
SONHE....
e faça o hoje um intenso e contagiante recomeço!

Até mais...

domingo, 1 de maio de 2011

Vida X Tempo

O mundo é louco e barulhento quase o tempo todo. (trecho do livro Querido Jhon)
Mas eu vejo pela janela um dia liindo!
Hoje o mundo é barulhento por falta de amor e carinho entre as pessoas, Arnaldo Jabor já dizia que estamos famintos de amor.
Estamos famintos de amor, carinho, AMIZADE...
Amigos não conversam mais sobre a vida, sobre o futuro, sobre sonhos que vão ter, sonhos que não puderam ter....
Hoje nas mesas de bar, vimos "amigos" falando descaradamente sobre mulheres, carros, dinheiro, poder, e dos outros, amigas falando de futilidadees como roupas... moda, falando das amigas que não estão presentes... sobre a inveja que sentem uma das outras.
Vemos muito pouco hoje em dia pessoas... sem nunhuma ligação concreta de sangue ou parentesco se abraçando e desejando boa sorte, ou um simples: Seja feliz, do fundo do coração...
Não vemos mais colegas de trabalho estendendo a mão, ajudando sem medo de que o outro tome seu lugar...
Hoje vemos uma massa sangrenta de pessoas correndo atraz da máquina, atraz do concreto, do palpável, vimos pessoas se pisoteando em meio há um emaranhado de teias tecidas de puro poder....
Não se comprimentam mais pessoas que não conhecemos...
Não se dão mais sorrisos na calçada...
Nem se pode mais sonhar sem maldade...
é feio...
é brega...
é cout...
ULTRAPASSADO!
Hoje em dia, devemos ser o melhor que podemos sem respeitar nem ao menos a chance e a oportunidade que o outro possui. E possui por direito.
Hoje trabalhamos em uma jornada exaustiva de 15, 17 horas por dia....
porque quando saimos no trabalho ainda pensamos nele...
Hoje não se coloca mais as pernas pro ar....
Não temos tempo para sair de mãos dadas com nosso amor...
e Pensar no futuro...
Hoje somos profissionais extremamente competentes em não enxergar o que está na nossa frente.
Em nem se quer ver o que a pessoa do nosso lado está sentindo...
Nos preocupamos com o corpo, com a empresa... com o que os "outros" acharão de nós...
e esquecemos de sair com os amigos de infancia, de manter os laços familiares...
de sair despretenciosamente e andar por aí...
Hoje em dia corremos..
e eu me pergunto...
Porque corremos tanto?
Perdemos amores, perdemos oportunidades de dizer "Eu te amo" perdemos chances de perdoar um amigo... que um dia vai se afastar de nós e nós profundos ignorantes ainda vamos culpar ele de ter se afastado de nós.. até chegar o dia em que toda a raiva passará e não vamos entender porque passamos tanto tempo longe de alguém que foi tão especial pra nós.
Estamos em 2011, a tecnologia aumenta num ritmo acelerado conforme cresce também a falta de diálogo.
Vamos amar HOJE.
Vamos dizer pra aquela pessoa que ela é importante HOJE.
Vamos cultivar nossas amizades AGORA.
Vamos aprender a perdoar...
e vamos plantar uma árvore, pensando no futuro....
Hoje eu quero dizer... que PODEMOS SER BEM MELHORES DO QUE SOMOS....

o tempo está passando!

domingo, 17 de abril de 2011

Em seus braços e abraços!

Tantas coisas...
tantos sentimentos...
poucas certezas...
me sinto num labirinto, onde não vejo saída, e não me lembro por onde entrei!
Cássia Eller disse na música " Por Enquanto" que nem desistir, nem tentar, estamos indo de volta pra casa!, mas qual é a nossa casa? Qual é o nosso verdadeiro lugar?
As vezes me sinto como numa grande fila de metro a espera do meu lugar que não sei direito onde é.
Tanto o que fazer e minha opção é inércia!
o que é o movimento?! Quero sentir a brisa leve que faz voar meus cabelos, sentir aquela incrível sensação de que estou me encontrando num meio muito estranho de um monte de incertezas sobre o futuro!
Quando vou conseguir me mexer e ver onde é o meu lugar? Onde me encontro? onde me coloco? onde me encaixo?
Paro, penso e derrepente sinto...
que existe um lugar que é só meu!
os seus braços!

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Outro tempo Começou pra mim AGORA!

A fé.
Muitos sujerem essa palavra e muitos nem sabem o seu verdadeiro sentido!
fé em você, fé em conseguir algo, uma fézinha em alguma aposta!
Fé?
Destino?
vidas se cruzando?
Eu tenho fé nisso tudo, em que uma grande roda mágica da vida vira conforme a fé em que depositamos nela.
O destino é um bom conselheiro para atitudes que devemos tomar, e que nas entre linhas das vidas cruzadas em que vivemos temos fé que a partir daí tudo vai dar certo.
A fé no Ser Superior, naquele que tudo vê e que em tudo que coloca a mão dá sentido.
Certa vez lendo em um jornal 21 dicas de como levar uma vida saudável, me deparei ao meio de tantas receitas milagrosas de como comer beterraba com pipino, dicas em que até chocolate meio amargo faz bem a saúde, em sua 21º Dica, lá dizia, pra você viver mais e melhor, confie em Deus,pois aos olhos dele não cai um fio de cabelo em que não saiba.
Admito, eu por muitas vezes "pensava" que tinha fé o suficiente nele, era muito fácil e quase automático dizer que: - Eu confio em Deus!
Isso não é fé.
Fé mesmo é você poder ver sua vida passar tranquilamente e saber que tudo o que você faz de bom e de bem para aquele que está em uma situação pior que você ou que até mesmo naquele momento está precisando de sua ajuda, e você praticar um ato honesto e sincero de bondade, aquilo voltará pra você!
E que nada , mas realmente nada acontece por um simples acaso, a hora era aquela, e não isso não é um tipo de acomodação, isso é ter fé que uma magia estranha e segura faz com que as coisas aconteçam no momento em que tem que acontecer.
Nada foge aos olhos de DEUS, e a nossa fé é isso, antes de acreditarmos em nós mesmos, devemos acreditar nas vibrações positivas que nos envolvem diariamente, enquanto vamos ao trabalho ou a academia.
FÉ.
pode ser sinonimo de confiança, mas não é.
FÉ é muito maior que a palavra confiar, fé é saber exatamente que o caminho que se está seguindo é a escolha certa.
A lei da reciprocidade faz com que a fé se fortaleça e cresça....
Eu sou do bem, faço o bem, e quero bem..
Vou ter o bem, não basta apenas pensar, devemos agir, devemos ir além e ver que na vida tem coisas que não podemos fugir.
Temos que simplesmente ter fé.

OUTRO TEMPO COMEÇOU PRA MIM AGORA.

obrigado.
Até a próxima.

segunda-feira, 21 de março de 2011

O que está acontecendo?

uma palavra ...
ronda minha mente sempre que tenho dúvidas: Porque? Por quê? porquê?
e sim, as dúvidas me rodam sempre e sempre... e quase nunca me deixam a sós.
Perguntas e mais perguntas, uma avalanche delas vem a tona na minha mente sobre vários assuntos.. sobre isso, sobre aquilo, sobre o real e o MEU imaginário.
Tenho medos e inseguranças... e bem deles, desses sentimentos que a dúvida se aproveita quando quer invadir-me por inteiro. A certeza, pouco me aparece, ou quase nunca.. ou em momentos raros.
e porque disso eu me pergunto.? porque tantas dúvidas e tantos porquês? tantos e tão essenciais pra minha existência, pro meu eu, para formação da minha verdadeira identidade e ideais... me pergunto sobre mim, sobre o outro sobre a vida, sobre os sonhos, sobre esse mundo e a existência de um outro.
Mas nada, nada é mais singular e duvidoso que o amor... que o sentimento que uma pessoa sente pela outra, e não é no mal sentindo, de sentimentos maus como traição... é só sentido da dúvida de como podemos querer por 20, 30, 60 anos querem e gostar e conviver com uma pessoa, uma mesma pessoa em nossa vida. Porque não vimos os defeitos evidentes? e porque a sensação de pele é maior que qualquer prova ou teoria pronta de uma certeza que não sei se é existente.
A dúvida é apenas de como? porque? como? de onde vem essa vontade de acariciar os cabelos até eles ficarem "grisalhos", até o entardecer... até quando a profundidade do olhar suportar.
A compreensão me parece distante e de provável falta de certezas, de pontos... vejo algumas virgulas...
Os porques, os vejo cada vez mais longe, quando penso que o amor nada mais pode ser além de um grande ponto de interrogação, um excelente sinonimo de "eternidade", quando duas vidas, duas almas, dois corpos se encontram em um espaço surreal entre a matéria e a magia.
Não sei como lidar com isso, então guardo meus porques, espanto minhas dúvidas, e dou lugar apenas a uma incrível sensação de querer amar e tentar desvendar esse segredo, que sim o segredo é uma coisa que me traz muitas dúvidas.


quarta-feira, 16 de março de 2011

Minha riqueza não pode comprar tudo .


.o original está naquilo em que sentimos, e apenas nisso.

As Tears Go By
Rolling Stones

[...]
My riches can't buy everything
I want to hear the children sing
All I hear is the sound
Of rain falling on the ground
I sit and watch as tears go by [...]

Marianne faithfull cantando "as tears go by" para Mick Jagger.
ela termina a musica dizendo que o ama.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Na rua.... na chuva....

No post de hoje quero falar sobre uma pessoa muito especial e vou tentar aqui fazer para ela uma "auto biografia" escrita por mim. hehehe

"... Quem sabe ainda sou uma garotinha..."
é assim que ela enxerga o amor, é assim que ela encara a vida.

Corpo, vontades, pensamentos de mulher e um coração de menina. Nem tudo muito fácil mas nem sempre difícil, as confusões na mente entre amar e ser amada, de querer e não querer se confundem com o incrivel e insistente desejo de ser apenas, FELIZ.
Com essa afirmação me vem outra musica muito bonita, que nos transporta para um futuro muito melhor, e um presente satisfatório: " Na rua, na chuva, na fazenda, ou numa casinha de sape", nada mais melódico que uma frase assim, encontrar a felicidade em qualquer canto, ou por que não pelos quatro cantos do mundo.

Os amores nem sempre correspondidos, o velho leva e troca, quem eu amo não me ama e quem me ama eu não amo torna dela, uma pessoa bem mais simples de ver, mais transparente, a torna mais verdadeira.

Carrega o nome de uma Rainha dos mares e pensa que não consegue controlar a própria vida.
Gostava de jogar um jogo de apostas, mas sempre que perdia em vez de a tornar mais frágil a tornava mais corajosa em apostar alto, onde o prêmio nada mais era que um sentimento fujão, o AMOR.

E é por esse sentimento que ela comete seus maiores erros, mas é por ele que ela faz da vida um belo e grande "valer a pena". Do que adianta passar por esta vida sem dar um beijo numa pessoa comprometida, sem mentir para os pais por um menino, sem se apaixonar perdidamente por uma promessa não cumprida, sem ter um amor de infãncia, sem ter amigos verdadeiros, sem jogar tudo pra cima quando menos se espera, ser fanático por um time de futebol ou uma escola de Samba; A vida é mesmo muito boa para barrar ela em apenas algumas decepções.

Eu vou ser madrinha dos filhos dela, ou ao menos, o único gremista da família de colorados....
Eu vou ver ela morar em um lindo celeiro....
Eu vou ser a pessoa que vai acompanhar a gravidez de seus 3 filhos...
Vou ser a amiga que vai pegar na mão dela quando ela cair e pensar que não pode levantar...
Eu vou estar presente na festa de casamento dela, a amiga que vai cantar no casamento dela...
e pode ser até aquela musica brega do Roberto Carlos, mas que é liiiiinda.
Eu vou ser aquela amiga que vai cuidar do "Junior" pra ela ter um momento romantico e a sós com o maridão!
Vou ter que ser uma das suas primeiras pacientes, pra emagrecer....

Bem a auto biografia dela escrita por mim... só pode ser escrita se eu estiver junto não é....

O futuro é bom pra Dona Janaina que Sereia do Mar.....

tanto que pode ser "...na rua, na chuva ou na fazenda, ou numa casinha de sapê"

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

E como saber?


Eu gosto de ouvir Rock in roll e ele MPB....
Eu sou complicada, estranha, sublinho frases quando leio um livro e ele é inteligente...
simples, sagas e ao mesmo tempo que me passa segurança é mais inseguro que eu...
Eu sou noite e ele é dia......
Tantas diferenças... tantas coisas em comum... tantas palavras vagas, tantos momentos sem saber o que dizer e eu me encontro aqui... sem saber pra onde correr... os olhos refletem não um amor, mas um mistério... um sabor estranho de saber o que desvendar dentro daquele olhar que não consigo distinguir o certo ou o errado.
Ele gosta de comida japonesa... e eu odeio peixe cru... alias não posso nem pensar em comer isso...
Eu sou aventura e ele é planejamento.
Eu sou o sorriso fácil e ele o riso inteligente.
Mas o que me fascina é a incrível combinação que completamos no final das contas....
como uma química perfeita... o cheiro dele parece que eu conheço desde sempre e eu vejo em suas feições, algo que ainda vou ver muito ainda em um futuro bom....
em um futuro próximo...
Eu leio cartas... e tenho pressentimentos e premunições...
Ele, apenas ri disso... mas se interessa... talvez pra me agradar.
Um coração roubado. é assim que as vezes me sinto.
um sentimento... sem sentimentos...
apenas uma sensação boa...
uma sensação de como saber se ele é a pessoa certa?