domingo, 19 de junho de 2011

"Vale a pena tentar"

Domingo quente no "quase inverno" gaúcho, pois essa semana começa a estação mais gelada do ano.
Mas hoje quero falar sobre Confiança!
Já comentei aqui em post's anteriores que gosto muito de ler... e hoje li a Bíblia, li apenas uma passagem que tinha como nome " A coragem do testemunho", o que me levou a pensar na confiança que depositamos nas pessoas, nos momentos, a confiança que depositamos em um acontecimento, nas palavras... ditas, jogadas, gritadas ou simplesmente murmuradas...
Palavras escritas, palavras expressadas... gestos, tudo gera uma confiança por parte de alguém, que uns chamam até mesmo de esperança, no caso da passagem bíblica os discipulos confiaram em Jesus Cristo até a hora da morte...
No livro "Pequeno Príncipe" a frase você é responsável por aquilo que cativas, também possui um peso muito simbólico, mas não menos leve por ser assim.
A confiança é algo que não se compra, não se ganha, não se vende, não se arranca, confiança se conquista...
Atráz de um ideal ou de uma loucura...
1990, impeachment de Collor de Mello, os "caras pintadas" confiaram em um ideal político, quiseram fazer a história mudar através da confiança em algo que simplesmente nasce em casa um de nós... a força... a dedicação também gera confiança..
Sábado, 18 de junho de 2011, por volta das 16 horas assisti ao programa Caldeirão do Huck, onde mostrou um exemplo claro de uma estrela de brilho raro, a força de querer vencer...
de querer ser mais, sem pisar em ninguém, como instrumento de crescimento apenas o esforço...
Uma família de 3 mulheres, mãe solteira com duas filhas em uma situação difícil, vivendo com 300 reais por mês, e com muitos sonhos na cabeça, muitos ideais a serem seguidos...
e a confiança onde se encontra nisso, você pode estar se perguntando? a Confiança eu lhes respondo está onde começou esse post: DEUS...
Somos por várias vezes egocentricos em pensar que nosso sofrimento é maior ou então as vezes por pouco parar de confiar em quem amamos, no própriio DEUS e deixar os maus fluídos nos levarem e nos conduzirem...

já citei esse filme antes aqui, mas "Comer, Rezar e Amar" expõe frases de grande sabedoria, como sempre quando estiver triste exale booons sentimentos, paz, amor e depois esqueça o que há de mal nesse mundo...
Eu tenho um amor..
Eu tenho uma família...
muitos ficam apenas nos sonhos, interrompidos forçadamente e nós por não confiarmos em nós mesmos intorrompemos sonhos por não achar necessário sonhar??!!!!!!

Confiança parte do sentido de um mix de sentimentos..
Confiança é um caminho tranquilo, mas dificil...

mas vale muito a pena a tentativa de primeiro confiar em si... e em seguida exercitar com quem se ama!

Até a próxima...

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Santo Antonio, humanidade EU e o amor...

Sempre em busca e derrepente...
AMOR...
A felicidade é assim, não se acha, não se compra não se busca...
A felicidade se conquista...
Em meio a uma rotina, penso que sempre sonhei com isso...
muitas pessoas não gostam da rotina, dizem que ela não traz a felicidade, não traz bons fluidos ou coisas boas...
mas eu acredito que sim..
eu sempre sonhei com a velha e insessante rotina de chegar todos os dias cansada do trabalho, deitar no sofá, ligar a televisão e ver o rosto mais lindo do mundo me esperando pro jantar...
ou vice -versa...
ver meu amor cozinhando...
e isso é uma felicidade conquistada, adquirida, escriturada...
nada me tira o prazer de tê-la...
Muitos dizem que o que faz o amor, que traz a felicidade..que mantem a chama acesa, que esquenta a relação, que faz o outro pensar o dia todo na pessoa são as maravilhosas performaces sexuais, são as surpresas ... é o intregar-se por inteiro, no sentido real da palavra, mas não é bem isso...
felicidade é fazer amor com AMOR, é quando o toque da pele arrepia... isso sim deixa a chama acesa, não fantasias, não performaces; Estamos acostumados a ser receptores daquilo que a mídia ou alguém que falou pra alguém disse que aquilo era bom..
Então seguimos as regras... devemos colocar silicone, botox, fazer compras, ser uma linda e maravilhosa mulher "plastico". Devemos ser homens que pratiquem seu mais alto grau de masculinidade e que não olhe para sua mulher nua e queira olhar a expressão de felicidade dela dormindo.
Conversando essa semana sobre isso com uma amiga.. o mundo de hoje está muito superficial..
Não temos "quase" mais pessoas romanticas e que gostam disso, temos sim pessoas que querem em troca uma noite maravilhosa de sexo por uma dúzia de rosas...
Não quero dizer que sou melhor que alguém, ou fazer de mim um exemplo a ser seguido..
Mas eu amo.... eu sinto um carinho que não cabe no peito por alguém que esperei minha vida inteira...
E quando eu digo a ele que nosso destino já estava traçado, ele apenas ri.. e concorda..
mas no fundo ele sabe que me esperou...
e eu esperei ele....
voltando a falar sobre o geral e não sobre o especifico, digo que eu sinto o cheiro dele quando estamos longe...
o mundo está tão fútil que precisa da matéria...
eu preciso do pensamento...
Fico triste quando vejo pessoas tão especiais pra mim... se perdendo por um caminho ingrime da busca pela solidão...pois fazem de tudo para encontrar um fiapo de felicidade mas não cuidam do jardim...
Num filme que eu recomendo, Comer, rezar e Amar, dentre as várias lições de como achar-se é melhor que achar... no momento em que sentir-se só... e pensar na pessoa em que te maguou você transmita paz e amor pra ela e depois a esqueça!
Mas a humanidade caminha rumo ao desespero total de "tem que ser você".
Regue o jardim, cuide das flores, se arrependa do fez, curta o por do sol e o nascer da lua...
Ame-se e você será capaz de amar tão intensamente o outro...
e querer a velha rotina de jantar e depois dormir abraçadinho...

Amar é dom de aprender a valorizar esse sentimento!

até a proxima!

OBS:
Sei que não citei Santo Antonio no Post, mas não podia deixar de passar o dia dele!

domingo, 5 de junho de 2011

os sopros do Destino

Domingo frio de "quase" inverno no Rio Grande do Sul!
depois de uma tarde de um sol, ensolarado aquecendo um pouco os rostos e um vento minuano balançando os cabelos, paro agora por volta das 9 horas da noite e escrevo sobre mim, sobre o vento, sobre a liberdade, mas principalmente sobre o destino.
Porque encontramos a pessoa certa na hora errada?
Porque atravessamos a rua na hora certa?
Porque temos escolhas que são quase que intuitivas, escolhas que nos fazem alegres ou tristes, mas escolhas que somos encapazes de escapar!
Dizem os muçulmanos em seu sabio "Alcorão" o livro Sagrado que nosso destino já está traçado no momento em nascemos. E que quando não seguimos nosso destino estamos jogando nossa sorte no vento. Makitube, estava escrito.
Amores, amigos, momentos felizes ou daqueles que não queremos nem lembrar!? Tudo tem um porque, um porém.... um sentido....
de encontrar a chegada, de ver a bandeira quadriculada, de vencer...
de saber que a vida me preparou para esse momento, antes eu estava imaturo, mais tarde eu estaria maduro demais...
o momento é agora, a hora era aquela!
Então eu não olho pra traz, eu paro tudo e deixo esse mesmo vento que podemos jogar a sorte me levar....
e apenas viver ....
encontrei paixões, encontrei decepções, encontrei soluções... mas principalmente lições!
o destino é sim jogo de rimas! de prosa e verso, uma melodia agradável que quando mais precisamos vira rock metal!
Nada acontece sem um verdadeiro sentido, um verdadeiro porque, aproveite esse vento gélido e voe...
para o calor, para o frio... pra onde quiser... porque o destino é seu...
mas voe.... viva... sinta a incrível sensação de ser e de poder ser quem você é...
e fazer feliz quem você ama...
que se vocêconseguir seguir a receita a risca.... simplesmente me ensine...
porque o destino será quente pra você, aconchegante e confortante......
mas se não conseguir....
erre, erre, mas não tenha medo de errar mais uma vez....
tentando acertar!
SEMPRE......

deixe o vento levar o mal e trazer o bem!

e pra terminar esse breve post quero deixar o trecho de....
Uma música de Nando Reis, que diz: - estranho, seria, se eu não tivesse me apaixonado por você!


Obrigado!