quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

uma ou duas doses de felicidade

Um dia chuvoso, com lágrimas de ontem e um coração apertado....
E eu me pergunto em meio ao um conflito de sentimos o que seria realmente estar feliz?
Quarta-feira, 19 de dezembro de 2012, essa data pode dizer muito para alguém que nesse momento
está pulando de felicidade e para mim que fui dormir chorando ontem por não saber lidar com a minha, com a falta dela, ou quem sabe até pelo muito que ela tem a me oferecer...
A felicidade é complicada e danadinha, nos faz ver o paraíso, sem ela, nos faz sentirmos no inferno,
nos tornamos dependentes e subordinados de um sentimento sem razão e sem escrúpulos...
Noooossa, coitadinha da felicidade, mas porque dependemos diariamente de doses homeopáticas dela para sentirmos outros sentimentos como paz, amor, compaixão. Como uma dose de insulina a felicidade entra em nossas veias e "buum" nos tornamos melhores do que somos, mais divertidos do que gostariamos, mais falantes do que o de costume e sim mais chato do que as pessoas pensam de nós.
Quando em overdose de felicidade, ficamos transloucados, ílucidos, feroses e meio bobos, sem ela só vimos um canto frio e solitário, de preferencia branco ou cinza para ficar mais sombrio.
Gostamos de curtir a deprê, gostamos de não estar em deprê, afinal se é pra ser deprê, vamos "lasca" geral com tudo e sofrer pra valer! Chamar a felicidade de filha da puta e dizer que o que é nosso está enterrado!
Poxa Vida, vida bandida, vida canalha, vida linda, maravilhosa, de pássaros cantando...
A bipolaridade acompanha-nos onde fomos e a vou lhes contar um segredinho, a felicidade também!
é só deixarmos ela se hospedar, ela dorme alguns dias, mas esta ali!sempre vai estar ali esperando a bipolaridade sumir, a deprê não vencer e "bummm" tudo acontece...
as gotas dechuva não caem mais, as lágrimas de ontem não correm mais  e o coração apertado, fica livre como passarinho sem gaiola. É verdade, uma quarta de dezembro pode se tornar muito feliz! Se ainda não está, corre que ainda dá tempo!  Como insulina ela dura o tempo suficiente para adoçar nossas células e reduzir o que nos faz mal! Aproveite!Já!

Até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário