quarta-feira, 25 de setembro de 2013

A utilidade de ser fútil

E num momento tudo parece mudar,
falta palavras, falta muito mais, falta coragem...

Durante anos vivemos rodeados de ideais, de posições
que no fim não nos levam a nada,
Vivemos ao redor de conceitos que nós próprios criamos e que nos entrelaçamos
de uma maneira que o caminho é virar nó. E ponto.

Hoje em dia a sociedade é criada em cima de biotipos, biofrases, biomodas,
e bioseilámaisoque, em vez de sermos nós, e não tentarmos ser mais do que
deveriamos ser. Mas não, inventamos conceitos, inventamos situação,
e tudo ao nosso redor vira uma tremenda confusão, pois temos o que queremos
nas redes sociais e não temos o que realmente queriamos possuir.

Números passam a minha cabeça e eu me perco no que escrevia
ainda tenho minha personalidade, ainda possuo ideais, ainda possuo...ainda...
Mas o que quero mesmo não são roupas bonitas secando no varal, nem calçados caros no armário...
Quero uma cabeça livre, quero ver flores na primavera, a ideia aqui é o contrário de superficial, é o contrário de prisões transparentes, quando alguém possui a liberdade, possui o mundo,
que não me falte palavras pra dizer que tem gente que é muito fútil e não vê as lindas criações que
estão a nossa disposição, que não me falte coragem para gritar bem alto viver é um DOM. fútil não é que gosta de se sentir bonito, fútil é quem não sabe reconhecer a verdadeira beleza.

E neste exato momento tudo muda novamente e se eu não soube reconhecer o que realmente é
importante, então passei pela vida para ser uma pessoa sem palavras e sem coragem.

domingo, 19 de maio de 2013

Flores da Mudança


Nós mudamos, nós crescemos
nós nos separamos, seguimos 
outros rumos, outros ideais, 
conhecemos outras pessoas, 
nós nos perdemos, nos
reencontramos, nos desentendemos;
Hoje escutamos músicas antigas, 
não achamos graça no lek lek
Nós, nos apaixonamos, alguma formaram família
outras estão curtindo a balada, 
outras estão longe, 
mas hoje não ficamos mais de ressaca, 
tomamos vinho, 
adoramos conversar sobre decoração
sobre nossos empregos, 
sobre nossos sentimentos, 
não falamos mais de all star, 
não sentamos mais para comer creme de chocolate, 
hoje chegamos aos 25, não vamos mais 
em festas de 15 anos, nem fizemos mais
coisas impulsivas, não amamos mais enlouquecidamente, 
nosso amor hoje é puro, é nobre e tranquilo, 
hoje queremos e precisamos de um amor tranquilo, 
poucas vezes gritamos na rua, hoje não gastamos mais
os velhos adidas, pois ao Supermercado vamos de carro, 
e nem compramos mais Fandangos e Tortinhas....(só as vezes)
hoje o tempo nos trouxe poucas rugas, mas elas começaram a surgir, 
hoje já usamos cremes no rosto, nos cuidamos na alimentação e nem
tomamos muita Coca-cola, 
tomamos champanhe no final do ano letivo, nos apaixonamos por
quem não merecia, nós comemos muito cachorro quente, 
passamos noites chorando e pensando em amor...
Hoje temos responsabilidades, hoje somos responsáveis por aquilo que somos
e fizemos, 
mas a certeza que tenho é que vivemos com flores na cabeça e 
os pés descalços, que abraçamos o mundo, que descobrimos
a amizade verdadeira e desde dos 15 anos queremos apenas viver
de paz e amor.

SAUDADES.





terça-feira, 16 de abril de 2013

Doce Luiza em doces emoções...



Em homenagem a minha irmã e meu cunhado,
Com carinho para a doce Luiza que nasceu
e para apresentação das minhas fotos.

abraço

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

a palavra certa

Assunto nas esquinas
lágrima nos olhos... solidariedade nas ruas,
palavras de conforto..
Santa Maria não será mais a mesma, nem o nosso Rio Grande verá as coisas mais do mesmo jeito.
O pampa gaucho ficou pintado de fitas escuras.
minha mãe chourou quando falou da tragedia pra mim, na cozinha lá de casa e disse que não conseguiu dormir a noite. EU NÃO CONSEGUI DORMIR A NOITE.
A Rua dos Andradas escura desde domingo, está ficando florida, com a centenas de homenagens feitas pelos amigos e familiares.
Eu não conhecia ninguem que deixou seus sonhos na Kiss,
Mas eu me senti um jovem que deixou seus sonhos na Kiss.
A minha vontade era de estar lá na caminhada da Paz!
Eu não sou de Santa Maria, mas eu sou do Rio Grande, eu sou desse estado que chora pelos seus jovens.
Eu como tantos quero justiça, eu como tantos quero sair na rua e dizer - O que é isso meu país?
Eu quero falar com a nossa Presidenta e dizer que comandantes do nosso Brasil, podem e devem chorar, mas devem enxugar suas lágrimas e lutar, e buscar saídas para que tragédias assim nunca mais aconteçam.
Eu sou jovem, eu sou de Seberi, moro a 300 Km de Santa Maria, tenho sonhos e não consegui realizar metade deles ao longo dos meus 24 anos.
Hoje fui no Google e pesquisei a palavra "Saudade" vi que é uma palavra que vem de solidão, apaguei e coloquei na pesquisa a palavra "Sonhos", apaguei novamente e coloquei a palavra "fé", não achei sentido nessas palavras e coloquei então a palavra "Amor" e então encontrei uma palavra para terminar esse texto onde o significado é: A maior de todas as conquistas do ser.
A saudade dos jovens, seus sonhos perdidos, a busca pela fé a dor só será cicatrizada quando tomarmos nosso coração não de lágrimas, mas de amor.

Até a próxima.



quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

simples assim.

Vem que a gente te espera
A vida é tão bela
O amor se revela
Ainda assim, muitos não podem ver
Seu verdadeiro apego
Basta não ter medo
Deus é o segredo
Ainda assim, muitos não podem ver
Por isso eu canto pra você
Seja simples como a mais linda canção
Seja viva, mais pura de coração
Encontre a liberdade
Chore quando precisar
Eu estarei com você
O meu pensamento estará em você
Minhas orações irão lhe proteger
Chegou a hora da vida viver
Eu estarei com você
O meu coração estará em você
Minhas orações são pra te proteger
Quero que saiba que eu amo você

Encontre a Liberdade
(Planta Raíz)

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Meio que muito lindo.

Uma casinha bonita. Um emprego que eu adore. Uma pessoa que me entenda. Um par de pés pra me guiar. E um de braços pra dias frios. Um chão pra quando meu mundo desabar. Um colo eterno de mãe. Um lugar pra voltar, outro pra ficar pra sempre."
Paula Andrade.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Detalhes do Cotidiano

percebi os detalhes quando comecei a perceber a mim mesmo melhor...

Já pensou que cruzamos na mesmas ruas todos os dias?
e que grande probabilidade nos levam a encontrar as mesmas pessoas nos mesmos horários,
indo e voltando.
O Sol brilha lá fora todos os dias, o vento entre as árvores, uma criança na praça corre sem compromisso e está lá uma linda paisagem nunca vista, nunca compartilhada por nossos olhos.
um olhar, um sorriso, uma sombra agradável, aquela sensação maravilhosa de viver.
Já reparou no olhar de seu pai quando olha pra sua mãe, já pensou que aquele olhar já dura sei lá, 30, 40 anos? e que ela sempre retribui com aquele olhar tímido desconfiado, mas completamente apaixonado.
Já reparou como seu irmão é engraçado e que tem um cacuete estranho quando fala?
O rapaz do mercado no vai e vem da caneta de apertar, esperando pelo almoço que parece que nunca parece chegar?
Já viu como é lindo crianças correndo? já parou para pensar que é vida nova, como um livro em branco? e a vizinha da frente que fica espiando o que você faz quando está em casa e como a janela dela é estranhamento bonita, e você a vê todos os dias nela lhe olhando com aquele ar de indignação misturado com curiosidade.
Já percebeu um casal recem casado? o olhar da noiva como se ela fosse preparada toda uma vida para viver aquele momento? os vestidos, os detalhes, os convidados.
Aquela árvore antiga perto de sua casa, aquele muro caindo, o pessoal tomando chimarrão...

detalhes são perceptíveis aos olhos daqueles que sabem enxergar a beleza do cotidiano.



vivenci-o, é fácil, basta querer vê-lo.