sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Detalhes do Cotidiano

percebi os detalhes quando comecei a perceber a mim mesmo melhor...

Já pensou que cruzamos na mesmas ruas todos os dias?
e que grande probabilidade nos levam a encontrar as mesmas pessoas nos mesmos horários,
indo e voltando.
O Sol brilha lá fora todos os dias, o vento entre as árvores, uma criança na praça corre sem compromisso e está lá uma linda paisagem nunca vista, nunca compartilhada por nossos olhos.
um olhar, um sorriso, uma sombra agradável, aquela sensação maravilhosa de viver.
Já reparou no olhar de seu pai quando olha pra sua mãe, já pensou que aquele olhar já dura sei lá, 30, 40 anos? e que ela sempre retribui com aquele olhar tímido desconfiado, mas completamente apaixonado.
Já reparou como seu irmão é engraçado e que tem um cacuete estranho quando fala?
O rapaz do mercado no vai e vem da caneta de apertar, esperando pelo almoço que parece que nunca parece chegar?
Já viu como é lindo crianças correndo? já parou para pensar que é vida nova, como um livro em branco? e a vizinha da frente que fica espiando o que você faz quando está em casa e como a janela dela é estranhamento bonita, e você a vê todos os dias nela lhe olhando com aquele ar de indignação misturado com curiosidade.
Já percebeu um casal recem casado? o olhar da noiva como se ela fosse preparada toda uma vida para viver aquele momento? os vestidos, os detalhes, os convidados.
Aquela árvore antiga perto de sua casa, aquele muro caindo, o pessoal tomando chimarrão...

detalhes são perceptíveis aos olhos daqueles que sabem enxergar a beleza do cotidiano.



vivenci-o, é fácil, basta querer vê-lo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário